Copyright 2014 © All rights reserved. Made by Bernardo Campos

Inicio Quem Somos Soluções Controlo de acessos Clientes Parceiros Contatos

| Politica de Privacidade |

Alvara.pdf

Em poucas palavras, Biometria (do grego Bios = vida, metron = medida) é o uso de características biológicas em mecanismos de identificação. Entre essas características tem-se a íris (parte colorida do olho), a retina (membrana interna do globo ocular), a impressão digital, a voz, o formato do rosto e a geometria da mão. Há ainda algumas características físicas que poderão ser usadas no futuro, como DNA (Deoxyribonucleic Acid) e odores do corpo.

O que é a Biometria?

A Biometria proporciona um nível máximo de segurança, conveniência e facilidade de utilização.

A biometria é um sistema automatizado de reconhecimento humano baseado nas características físicas e comportamentais das pessoas. É o mesmo sistema que utiliza o cérebro humano para reconhecer e distinguir uma pessoa de outra. É um sistema que reconhece a pessoa, baseado em "quem" a pessoa é, não importando "o que a pessoa transporta" ou "o que a pessoa conhece". Coisas que uma pessoa pode transportar, assim como chaves e cartões de identificação, podem perder-se, ser objeto de roubo e/ou duplicação. Coisas que uma pessoa conhece, tais como palavras passe e códigos, podem ser esquecidos, roubados e/ou duplicados. Em vez disso, a biometria fixa-se em "quem" a pessoa é, baseando-se numa inalterável característica humana que não pode ser perdida, esquecida, roubada ou duplicada.

Scanner de dedo.

De todas as técnicas  biométricas existentes, o scanner do dedo oferece uma maior comodidade na gama mais alta do mercado. São práticos, bem aceites pelo público, seguros e tecnicamente fiáveis.

Sensor em linha.

Neste tipo de Scanner não fica nenhuma impressão digital na sua superfície, uma vez que é o dedo que desliza no sensor, não alterando assim a sua textura.

Quando os utilizadores passam o dedo no scanner, a linha do sensor analisa através da tecnologia RF e memoriza essa passagem como uma única chave codificada, Cada vez que o scanner é usado por esse dedo, essa passagem é convertida em código binário e comparada com o código em memória no sistema. Assim que confirme uma identificação positiva, o controlador é ativado, sendo usado em numerosas operações, tais como controlo de acessos, ligar e desligar sistemas de segurança, etc.

Como funciona o scanner?